Carregando...

Resveratrol: o que é, para que serve e como consumir

As descobertas sobre os benefícios do resveratrol surpreendem médicos e cientistas cada vez mais! Tudo se deve ao seu extraordinário poder anti-inflamatório e antioxidante. De acordo com as últimas descobertas da ciência, o resveratrol pode auxiliar até mesmo em transtornos de depressão e ansiedade. Incrível, não? Leia este artigo até o final para saber para que serve o resveratrol e como você deve consumi-lo para obter seus benefícios.

O que é resveratrol?

Trata-se de um polifenol natural detectado em mais de 70 espécies de plantas, especialmente na casca e nas sementes das uvas. O resveratrol também é uma fitoalexina, pois auxilia certas plantas a se recuperarem da agressão de fungos, além de protegê-las da radiação solar e outras ameaças.

O resveratrol é um conhecido antioxidante presente em diversos alimentos e bebidas, como uvas, vinho tinto, frutas vermelhas e pele do amendoim. O organismo humano consegue metabolizar esse polifenol com agilidade e, por isso, seus benefícios são rapidamente observados naquelas pessoas que o consomem com frequência.

Para que serve o resveratrol?

O resveratrol serve, principalmente, como um antioxidante e anti-inflamatório para o corpo. O seu potencial para eliminar radicais livres e ajudar o corpo a desinflamar é surpreendente e muito útil em uma variedade de doenças. Estudos revelam que esse polifenol possui uma ampla gama de propriedades biológicas, entre elas, atividades antioxidantes, cardioprotetoras, neuroprotetoras, anti-inflamatórias e anticancerígenas.

Partindo da premissa que o resveratrol é um dos mais potentes antioxidantes e anti-inflamatórios naturais que existe, esse composto fenólico pode beneficiar a saúde de várias maneiras. Conheça 7 benefícios no próximo tópico.

7 benefícios do resveratrol

1. Pode ajudar a baixar a pressão arterial

A pressão alta é uma condição crônica que acomete vasos sanguíneos, coração, cérebro, olhos e pode causar até mesmo a paralisação dos rins. Pessoas hipertensas frequentemente são dependentes de medicação para o resto da vida, no entanto, algumas condutas nutricionais e de estilo de vida podem ajudar.

Um estudo realizado com pacientes hipertensos verificou que o consumo de resveratrol diminuiu significativamente a pressão sistólica. Esse achado revela que o consumo desse polifenol pode ser extremamente importante para pessoas hipertensas e uma meta-análise reforça isso. O efeito favorável do resveratrol sugere a utilização desse composto ativo na promoção da saúde cardiovascular, principalmente quando utilizado em altas doses diárias.

2. Protege o coração

Já é consolidado que altas concentrações de colesterol total, LDL-colesterol ou triglicerídeos estão consistentemente relacionadas à incidência de doenças cardiovasculares. Nesse contexto, os efeitos benéficos do resveratrol no perfil lipídico e na modificação de fatores de risco cardiovascular foram amplamente relatados em estudos.

Uma metanálise mostrou que a suplementação de resveratrol entre pacientes com síndrome metabólica e distúrbios relacionados reduziu significativamente o colesterol total, que é um dos principais fatores que contribuem para doenças cardíacas. Isso comprova que saber para que serve o resveratrol pode ser fundamental para quem tem síndrome metabólica ou qualquer outro risco aumentado para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

3. Protege o cérebro

Numerosos estudos sobre os efeitos do resveratrol na saúde cerebral têm sido realizados nos últimos anos. De acordo com alguns trabalhos científicos, o resveratrol é um composto multi alvo e pode representar uma ferramenta terapêutica eficaz em processos neurodegenerativos relacionados ao envelhecimento.

Outras pesquisas já demonstraram que o resveratrol possui vários papéis neuroprotetores em uma diversidade de deficiências neurodegenerativas, como as doenças de Alzheimer, Huntington e Parkinson. Foi demonstrado que os efeitos neuroprotetores do resveratrol não se limitam à sua atividade anti-inflamatória e antioxidante, mas também melhoram as funções mitocondriais e a biogênese, prevenindo efeitos deletérios desencadeados pelo estresse oxidativo.

4. Pode ajudar no tratamento da depressão e ansiedade

A depressão e a ansiedade são os transtornos mentais mais prevalentes no mundo inteiro atualmente. Cada vez mais pessoas são diagnosticadas com um ou ambos problemas. Isso fez avançar a pesquisa em torno dos recursos terapêuticos para além das medicações alopáticas que frequentemente provocam efeitos colaterais bastante desconfortáveis.

Felizmente, substância fenólicas como o resveratrol podem ajudar no tratamento dessas doenças mentais. Segundo estudos, o resveratrol pode ajudar a regular a função cerebral, melhorando fatores comportamentais associados ao aprendizado, ansiedade, depressão e memória. Ademais, esse composto natural pode atravessar a barreira hematoencefálica representando positivas influências neurológicas. Ao que tudo indica, o resveratrol pode ser um componente muito conveniente em um suplemento para ansiedade ou suplementos para saúde mental em geral.

5. Aumenta a sensibilidade à insulina em diabéticos

O diabetes mellitus é um dos mais importantes problemas de saúde pública e sua prevalência aumentou rapidamente nas últimas décadas. Aumentar a sensibilidade à insulina é uma das condutas mais importantes para pessoas diabéticas, pois isso ajuda a prevenir as complicações decorrentes da doença - e o resveratrol pode ajudar nisso!

Esse composto fenólico auxilia impedindo que uma certa enzima transforme glicose em sorbitol, um álcool de açúcar. Esse efeito já foi observado em estudos que revelaram que o resveratrol melhora significativamente o controle da glicose e a sensibilidade à insulina em pessoas com diabetes.

6. Tem efeitos anti-câncer

Dezenas de estudos retrataram que o resveratrol possui ação antitumoral e é um provável candidato para tratamento e prevenção de vários tipos de câncer. Esse polifenol presente na uva ​​é capaz de inibir todos os estágios da carcinogênese (iniciação, promoção e progressão).

Um outro estudo avaliou que o resveratrol também se mostrou promissor como parte da terapia combinada no câncer de mama. Isso é uma excelente descoberta visto que esse tipo de câncer é a causa mais comum de mortalidade por câncer entre as mulheres em todo o mundo.

7. Alivia as dores articulares

Artrite reumatóide, osteoartrite, gota e dor lombar são causas importantes de incapacidade física em todo mundo, especialmente no envelhecimento. Além dos analgésicos, a ciência já identificou outros recursos que podem ser eficazes para restaurar a estrutura e a função dos tecidos sinoviais danificados pelas doenças articulares. Um desses recursos é o resveratrol!

Um estudo verificou que o resveratrol protege os condrócitos da degradação normal do envelhecimento. Os condrócitos são células maduras encontradas na cartilagem que já não possuem atividade metabólica intensa. Além disso, a ação anti-inflamatória desse polifenol também beneficiou as articulações promovendo um efeito fisiológico favorável.

Como consumir?

Esse poderoso polifenol pode ser consumido por meio de alimentos e suplementos. Os principais alimentos fonte de resveratrol são:

  • uvas vermelhas;
  • vinho tinto;
  • amendoim com casca;
  • mirtilos;
  • cranberry;
  • cacau.

No entanto, no caso das uvas, esse polifenol é encontrado apenas na casca. Ademais, a quantidade de resveratrol nos alimentos depende de como o alimento foi cultivado, onde se originou e como foi a sua exposição à infecção fúngica. Sendo assim, por meio dos alimentos não é possível saber com exatidão se o consumo desse polifenol está sendo suficiente para obter seus efeitos benéficos.

Mas, felizmente, existem suplementos contendo resveratrol que podem ajudar no controle exato do consumo desse nutriente. Os suplementos com resveratrol podem conter menos de 1 miligrama (mg) a 500 mg de resveratrol por comprimido ou cápsula.

Seja por meio de alimentos ou por suplementos, a verdade é que o resveratrol é um excelente nutriente para se consumir no dia a dia!

Conteúdo escrito por Rafaela Galvão, publicitária pela ESPM-SUL e estudante do 7˚ semestre de nutrição na Unisul. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

Gostou?

Então bora se vitaminar!

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) a Oh Minhas Vitaminas. Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos. Por isso, você ganhou 30% de desconto no seu primeiro pedido. Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.